Português

À Comunidade Universitária e à Sociedade

2 de setembro de 2015
"O exercício e a defesa da democracia estão presentes no cotidiano da Universidade Federal do Ceará ao longo de sua história. As portas da Administração Superior e das Direções das Unidades Acadêmicas estão sempre abertas ao diálogo e à construção de soluções para os diversos desafios que a Universidade enfrenta. 
 
Ao longo dos últimos oito anos, soubemos construir de forma democrática uma Universidade maior e melhor de acordo com qualquer indicador de qualidade.
 
Neste contexto, reconhecemos o protagonismo de nossos estudantes em todo esse valoroso processo de expansão e de aperfeiçoamento de nossa instituição. 
 
Respeitamos o Movimento Estudantil que historicamente lutou em defesa da Universidade e da democracia. Entretanto, não aceitamos a invasão da Reitoria, mesmo depois da abertura do diálogo com o Vice-Reitor, Prof. Custódio Almeida, em reunião realizada pela manhã. A invasão constitui uma ação violenta e fere profundamente os direitos humanos e qualquer protocolo que regule as relações entre a Administração Superior e os professores, técnico-administrativos e estudantes desta Universidade
 
A agressão comandada por um grupo de alunos resultou na depredação do patrimônio educacional, histórico e cultural. Como educadores, não aceitamos a truculência, a intransigência e a obstinação em levar adiante uma ação violenta. Reiteramos que os canais de mediação sempre estiveram abertos para que não ocorresse desfecho violento.
 
Ao mesmo tempo em que repudiamos os inaceitáveis atos de vandalismo, manifestamos o nosso apoio à Administração Superior e conclamamos a comunidade universitária e a sociedade em defesa da Universidade Pública e da democracia."
 
Fortaleza, 02 de setembro de 2015.
 
Diretores das Unidades Acadêmicas da UFC