Português

Acontece primeira ação conjunta do Projeto Casadinho/Procad/UFC/INPE

5 de setembro de 2012

No período de 11 a 18 de agosto, aconteceu a primeira ação conjunta do Projeto Casadinho/Procad/UFC/INPE.

A ação teve início com um curso teórico-prático sobre sensoriamento remoto usando dados do radiômetro subaquático ministrado pela mestranda do PGSER/INPE. Durante os dias 12 e 18, aconteceu a campanha de campo de coleta e monitoramento de qualidade da água superficial nos açudes Orós, Trussu e Muquém, na Bacia do Alto Jaguaribe.

Nessas últimas atividades, foram coletadas amostras de água para análises limnológicas e foram utilizados equipamentos de sensoriamento remoto, como o espectroradiômetro e o espectroradiômetro subaquático (sensores TRIOS), que realizam leituras de radiância na superfície e através da coluna de água, permitindo inferir sobre a variação dos parâmetros de qualidade da água in loco.

A equipe que desenvolveu essas atividades é composta pelos alunos de pós-graduação do doutorado em Engenharia Agrícola Fernando Lopes e Luiz Carlos Guerreiro; pela mestranda em Ecologia e Recursos Naturais da UFC Merivalda Doroteu; pela mestranda do curso do PGSER/INPE Pétala Bianchi; pelos alunos do curso de graduação em Irrigação e Drenagem do IFCE Campus de Iguatu Kelli Souza, Kevin Brasil, Luanna Marcionilia, Ana Carolina e Maria Monaliza; além dos técnicos Wellington e Aurélio.

Projeto

O Projeto Casadinho/Procad/UFC/INPE é uma parceria entre o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola (PPGEA) da UFC e do Programa de Pós-Graduação em Sensoriamento Remoto (PGSER) do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (INPE), de São José dos Campos – SP. Ele foi aprovado no Edital 06/2011 – Ação Transversal do MCTI/CNPq/MEC/Capes. O seu objetivo geral é capacitar o programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola da UFC a formar recursos humanos e a desenvolver metodologias apoiadas em técnicas e dados de sensoriamento remoto para subsidiar o monitoramento espaço-temporal da qualidade de água em açudes do semiárido, a identificação de solos com problemas de salinidade e de sodicidade em áreas irrigadas do semiárido e o levantamento pedológico detalhado do Perímetro de Irrigação do Baixo Acaraú, Ceará.

A coordenação do Projeto é feita pelos professores Adunias dos Santos Teixeira e Eunice Maia de Andrade, da UFC, e conta com o Professor Cláudio Clemente Faria Barbosa como interlocutor do INPE. A realização do doutorado sanduíche dos alunos do PPGEA/UFC Fernando Bezerra Lopes, em 2010, e Luís Cleno Jário Moreira, em 2011, no PGSER/INPE, tornou essa parceria possível.