Português

Alteração do nome do Departamento de Tecnologia de Alimentos é aprovada

3 de maio de 2016

A proposta de alteração da nomeclatura do Departamento de Tecnologia de Alimentos para Departamento de Engenharia de Alimentos foi aprovada na última sexta-feira (29) durante a 104ª reunião do Conselho Universitário da UFC (Consuni).

 

Antes de receber a aprovação do Consuni, a proposta havia sido aprovada pelo Colegiado do então Departamento de Tecnologia de Alimentos em reunião realizada em setembro de 2015, e homologada pelo Conselho do Centro de Ciências Agrárias em sessão ordinária no mesmo mês.

Por definição, Tecnologia de Alimentos consiste no conjunto de conhecimentos, técnicas e conceitos que se aplicam à preservação dos alimentos.

Em contrapartida, Engenharia de Alimentos apresenta uma definição bem mais ampla a qual engloba ciência, tecnologia e engenharia, além de aspectos políticos, econômicos, humanistas, culturais e ambientais, objetivando preparar profissionais para desempenhar atividades de engenharia em indústrias e outras áreas que envolvem alimentos. Desta forma, observou-se que o antigo nome do Departamento não representava o curso.

Histórico

O curso de Engenharia de Alimentos da UFC foi criado em 12 de setembro de 1975, por um grupo de professores do CCA. Na época, o curso foi chamado de Tecnologia de Alimentos por ser de curta duração, sendo reconhecido como Engenharia de Alimentos com adaptações ao currículo mínimo no ano de 1984.

Apesar do reconhecimento do curso como Engenharia de Alimentos, o Departamento de Tecnologia de Alimentos, criado em 1977, permaneceu com a mesma denominação devido à identificação dos professores nele lotados.

Atualmente, o Departamento, além de servir o curso de Engenharia de Alimentos, também abriga o Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos e oferece disciplinas para cursos como Agronomia, Zootecnia, Engenharia de Pesca, Gastronomia, Biotecnologia, Farmácia e Química.