Português

Brasil vai de 24º a 13º em ranking de pesquisa

8 de dezembro de 2014
A produção científica brasileira progrediu nos últimos 20 anos. De 1993 a 2013, o Brasil passou do 24º para o 13º entre os que mais produzem. O levantamento é da Thomson Reuters, uma das maiores agências de notícias do mundo, e foi divulgado durante a 1ª Cúpula Thomson de Experiência com Inovação, realizada em São Paulo no mês de outubro.

Em 1993, o país respondia por 0,5% das pesquisas. Hoje, este número cresceu para 2,5%. O Brasil ultrapassou países como Suécia, Suíça e Holanda ao avançar quase 700% entre 1993 e 2003. A publicação de artigos científicos no Brasil cresceu em ritmo superior à média mundial e de países como México, Argentina, Japão, Alemanha, Reino Unido e EUA.

“O Brasil está em uma posição excelente para realmente buscar o crescimento e comercialização da tecnologia, assim como buscar a qualidade em pesquisa e desenvolvimento”, disse Collen Shay, da divisão de Propriedade Intelectual e Ciência da Thomson para as Américas.

No entanto, a China ainda é o exemplo a ser seguido, no mesmo período, ela teve um avanço de 2.200%. Da 15ª colocação, passou a ser a segunda com mais produções, só perdendo para os Estados Unidos. A Coreia do Sul é outro bom exemplo: Em 1993 nem estava entre as 25 maiores, e hoje, está em 12º, logo à frente do Brasil.
 
Fonte: Secretário Executivo da RCA – Fone: 3366.9702