Português

Curso de Agronomia da UFC continua sendo o melhor das regiões Norte e Nordeste

19 de setembro de 2017

O Curso de Agronomia da Universidade Federal do Ceará destacou-se no Ranking Universitário da Folha (RUF) 2017, ocupando o 14° lugar entre mais de duzentos cursos, permanecendo como o melhor das regiões Norte e Nordeste.

Leia abaixo a notícia publicada no site da UFC:

O Ranking Universitário da Folha (RUF) 2017 aponta que a Universidade Federal do Ceará possui o segundo melhor Curso de Moda do País entre 53 avaliados. Outros cursos da UFC também se destacaram: o de Física foi considerado o 8º melhor do País entre 153 avaliados; e os de Geografia e Letras ocuparam a décima posição, cada, de um universo de 197 e 459 cursos avaliados, respectivamente.

Além desses, a UFC possui mais 18 cursos entre os 20 melhores do País: Economia e Matemática (ambos na 11ª posição); Direito e Fisioterapia (12ª posição); Biologia, Ciências Contábeis e Química (13ª posição); Agronomia, Engenharia Ambiental e Farmácia (14ª posição); Medicina (15ª posição); Design e Filosofia (17ª posição); Administração, Comunicação (Jornalismo) e Publicidade e Propaganda (18ª posição); Enfermagem (19ª posição) e Engenharia Química (20ª posição).

O RUF 2017 foi divulgado nesta segunda-feira (18) e considera dois grupos de indicadores na avaliação dos cursos: ensino e mercado. O primeiro subdivide-se em quatro itens: uma pesquisa de opinião com professores de todo o País sobre a qualidade dos cursos; percentual de docentes com dedicação integral; índice de mestrado e doutorado; e a nota do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

O segundo indicador – mercado – considera a opinião de profissionais de Recursos Humanos consultados pelo Datafolha sobre preferências de contratação.
“O Ranking da Folha tem evoluído, é um levantamento com maturidade e experiência. A posição da UFC em torno das 10 melhores universidades do País tem se consolidado nos últimos anos”, destaca o pró-reitor adjunto de Planejamento e Administração, Prof. Augusto Albuquerque.

DESEMPENHO DA UFC – No geral, a UFC ficou na 12ª posição nacional e na segunda do Nordeste entre 195 universidades pesquisadas. A Universidade Federal cearense registrou 90,34 pontos, com queda de 0,16 pontos em relação ao Ranking da Folha do ano passado, quando havia alcançado a 10ª posição. A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) manteve a liderança entre as pesquisadas, seguida pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pela Universidade de São Paulo (USP).

O ranking geral considera cinco critérios: ensino, pesquisa, mercado de trabalho, internacionalização e inovação. Desses, a UFC se destaca particularmente no item internacionalização, no qual ocupa a sexta posição nacional. O item considera a quantidade de trabalhos realizados em colaboração internacional e o impacto desses estudos.

A internacionalização é considerada uma ação estratégica para a Universidade. Em fevereiro deste ano, a UFC criou a Pró-Reitoria de Relações Internacionais para incentivar o intercâmbio internacional. Neste mês, o Conselho Universitário aprovou o Plano de Internacionalização, definindo objetivos nas áreas de pesquisa, ensino e extensão.

“A internacionalização é um vetor no qual já somos reconhecidos nas avaliações desse tipo. Antes da Pró-Reitoria, já tínhamos uma coordenadoria que cuidava desse tema, e os professores, no dia a dia dos cursos, também já estão inseridos na lógica da internacionalização”, frisa o Prof. Albuquerque.

No item pesquisa, a UFC ficou na 11ª posição. O item considera a quantidade de trabalhos publicados, o impacto dessas pesquisas e o montante arrecadado por elas. Já em mercado, que considera a pesquisa Datafolha com gestores de RH, a Universidade alcançou também a 11ª posição. Nos dois últimos itens, a UFC ficou em 12º lugar em inovação (calculada a partir das patentes registradas) e 18º em ensino.

Fontes:

Prof. Augusto Albuquerque, pró-reitor adjunto de Planejamento e Administração da UFC – fone: 85 3366 7367

Portal da UFC: http://www.ufc.br