Português

Curso de Economia Ecológica é reconhecido com nota 4 pelo MEC

18 de março de 2019

O Curso de Economia Ecológica, ofertado pelo Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal do Ceará (UFC), recebeu, nos dias 11 e 12 de fevereiro, a comissão de avaliadores do Ministério da Educação para o reconhecimento do Curso e recebeu o conceito 4 (quatro).

O Bacharelado em Economia Ecológica iniciou suas atividades em agosto de 2015, tem duração de oito semestres, integraliza 3200 horas/aula e oferta anualmente 50 vagas através do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Pensado inicialmente como curso de extensão em Economia Ecológica por professores vinculados ao Curso de Ciências Econômicas da UFC, o Curso de Economia Ecológica foi recebido pelo CCA, que aceitou o desafio e passou a trabalhar pela sua aprovação e institucionalização.

Na ocasião, a equipe de professores que apresentou a proposta do Curso passou a contar com professores do CCA e, em 2014, o Projeto foi concluído e encaminhado para o Conselho do Centro de Ciências Agrárias para aprovação.

Em seguida, a fim de assegurar o seu funcionamento (uma vez que a sua criação aconteceu após o Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI), o Departamento de Estudos Interdisciplinares (DEINTER), atendendo a uma demanda da direção do CCA, recebeu o Curso nas suas dependências físicas no período noturno.

No aspecto didático-pedagógico, o CCA tem trabalhado no sentido de que a oferta das disciplinas para a Economia Ecológica seja garantida semestralmente e está envidando esforços para que esta oferta seja feita por Departamentos afins à formação exigida pelo curso, sendo este o caminho seguido para a consolidação do funcionamento institucional  – o que se configura também como processo de consolidação do seu corpo docente.

A UFC é a primeira instituição de ensino superior a oferecer um Curso de Bacharelado em Economia Ecológica.