Português

Defesa de Dissertação em Ciências e Tecnologia de Alimentos

4 de agosto de 2015

No dia 31 de julho de 2015, houve a banca de defesa da dissertação do aluno Kelvi Wilson Evaristo Miranda no Programas de Pós-Graduação em Ciências e Tencologia de Alimentos.

A dissertação tem por título DESENVOLVIMENTO E CARACTERIZAÇÃO DE FILME LIPÍDICO EM BICAMADA COM APLICABILIDADE EM ALIMENTOS, e foi orientada pela professora Elisabeth Mary Cunha da Silva.

A banca será composta pelos professores Elisabeth Mary Cunha da Silva (UFC), Bartolomeu Warlene Silva de Souza (UFC), Maria Lúcia Nunes (UFC), Maria do Socorro Rocha Bastos e Selene Daiha Benevides.

 

Resumo:

Os filmes à base de hidrocóloides e lipídios, apesar de serem consideradas inovações tecnológicas, vêm sendo estudados desde meados dos anos 90 como substitutos potenciais dos polímeros sintéticos. Este trabalho objetivou desenvolver filmes compostos em mono e bicamada, com incorporação de monoglicerídeo acetilado (MGA) em diferentes concentrações, e óleo essencial de alecrim-pimenta, para aplicabilidade em alimentos. Em experimento prévio, determinou-se o percentual de 40% (m/m) de plastificante (D (-) sorbitol) para formação de filme composto (amido+lipídio). Com base nisto, elaborou-se um Delineamento Experimental, utilizando-se plastificante e, diferentes concentrações de MGA (lipídio) de 0 a 20% (m/m). Os filmes foram desenvolvidos através de casting, com espessura de 0,8 mm, secos à temperatura ambiente (25 ºC ± 1 ºC) entre 12-15 horas. Foram realizados teste de difusão em ágar; caracterização óptica (cor e opacidade); física (espessura, conteúdo de umidade e solubilidade); morfológica (tamanho médio, potencial zeta, microscopia eletrônica de varredura – MEV – e espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier – FT-IR); barreira (permeabilidade ao vapor de água – PVA); mecânicas (resistência à tração – RT, elongação de ruptura – ER – e módulo de elástico – ME); termoanalítica (calorimetria diferencial de varredura – DSC). Os filmes apresentaram inibição na superfície de contato para Gram positivas e negativas. Na análise de cor, os resultados apresentaram diferença estatística (p<0,05) para ambos os filmes, com destaque à L* (95,55 a 95,19 – monocamadas (Ms); 84,16 a 70,19 – bicamadas (Bs)), C* (3,11 a 3,02 – Ms; 17,58 a 50,14 – Bs), b* (2,98 – Ms; 34,08 – Bs). As espessuras tiveram diferença estatística (p<0,05) nos tratamentos, variando de 12% e 48% respectivamente. A opacidade apresentou variações de 214,74 a 323,12 A.nm (Ms) e, 161,69 a 411,54 A.nm (Bs), Estes, apresentam baixa solubilidade em ambiente com 100% umidade, sem que houvesse a separação das camadas. DSC, FT-IR, tamanho médio de partícula e potencial zeta, demonstraram ser excelentes ferramentas para justificar a formação das Bs, as quais tiveram PVA em torno de 2,232 g.mm/kPa.h.m² (p<0,05), assim como uma RT=17,12 MPa e ME=2.065,51 MPa, classificando-os como filmes rígidos e baixa elasticidade, em relação aos filmes Ms (RT=7,69 MPa, ME=378,32 MPa). Conclui-se que os filmes avaliados, apresentaram baixa solubilidade, ação de barreira ao vapor de água, resistência mecânica e excelente ação antimicrobiana, com perspectiva de aplicabilidade em alimentos com alto teor de umidade.