Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Centro de Ciências Agrárias

Área do conteúdo

Defesa de Mestrado em Engenharia Agrícola

Data de publicação: 6 de abril de 2015. Categoria: Notícias

Nesta sexta-feira, 10 de abril, será realizada uma defesa de Mestrado do Departamento de Engenharia Agrícola.

Com título IDENTIFICAÇÃO DAS FONTES DE SEDIMENTOS ATRAVÉS DA TÉCNICA DE FINGERPRINTING EM BACIA HIDROGRÁFICA NO SEMIÁRIDO, a aluna Eveline Menezes Rodrigues da Silva, sob orientação do Prof. Pedro Henrique Augusto Medeiros, apresentará sua defesa no Auditório do DENA as 15:00h.

A banca de defesa será composta pelos professores Pedro Henrique Augusto Medeiros (Presidente), José Carlos de Araújo (Interno) e Andrea Almeida Cavalcante (Externo à instituição [UECE]).

Resumo:

"A erosão, o transporte e a deposição de sedimentos são questões ambientais que afetam a sociedade, principalmente devido à redução da capacidade de armazenamento dos reservatórios superficiais, acarretando a redução da disponibilidade hídrica e favorecendo inundações, também influenciando na produtividade agrícola e intensificando o processo de desertificação. O estudo dos processos hidrossedimentológicos em uma bacia hidrográfica é uma ferramenta de apoio possuindo uma vasta importância para a gestão ambiental, podendo ser um indicador das condições de uso e manejo da bacia. Esta pesquisa refere-se a um estudo de identificação das fontes de sedimentos realizado na bacia hidrográfica do Benguê (933 km²), situada na região Nordeste do semiárido brasileiro. A pesquisa explorou as potencialidades da aplicação da técnica fingerprinting na bacia, analisando a origem dos sedimentos erodidos a partir de comparações de propriedades físicas e mineralógicas das fontes potenciais de sedimentos e dos sedimentos de fundo do açude, objetivando o desenvolvimento e aprimoramento das técnicas de monitoramento e identificação das fontes de sedimentos que mais contribuem para o processo erosivo da bacia. O método baseou-se na utilização de variáveis químicas, obtidas por meio de análise mineralógicas, para discriminar as fontes de sedimentos e classificar o sedimento assoreado na passagem molhada e no açude Benguê, por meio de técnicas de análise estatística multivariada. Os resultados mostraram que a utilização da técnica fingerprinting tratou-se de uma ferramenta adequada para identificação das fontes de produção de sedimentos na bacia do Benguê. Palavras-chave: Identificação de fontes de produção de sedimentos. Semiárido brasileiro. Aproximação fingerprinting. "

 

Fonte: Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA)

Acessar Ir para o topo