Português

I Dia de Campo: Da Escola para o Campus

4 de junho de 2014
No dia 3 de maio foi realizado o I Dia de Campo sobre avaliação de pastagens, manejo alimentar e conservação de forragens, no Núcleo de Ensino e Estudos em Forragicultura – NEEF, do Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias, em parceria com a Empresa Júnior de Assessoria e Consultoria Zootécnica (EMZOOTEC Jr.) e com a Escola Estadual de Educação Profissional Capelão Frei Orlando, de Canindé-CE. Os alunos da escola foram acompanhados durante toda a viagem pelas professoras Nívea Cordeiro (Zootecnista) e Lidiana Lima (Professora de Biologia) e recepcionados pelos membros do NEEF e da EMZOOTEC Jr. Os 40 alunos, que participaram da atividade, foram divididos em 3 grupos, para tornar mais didáticas as apresentações dos temas nas 3 estações.

 

A primeira estação foi sobre “Avaliação de Pastagens”, o assunto foi apresentado pelo Zootecnista Leonardo Santana Fernandes, Doutorando do Programa de Doutorado Integrado em Zootecnia-PDIZ/UFC/UFPB/UFRPE. Ele falou sobre como é realizado no NEEF o manejo do pasto e do pastejo, além de demonstrar como são realizadas as avaliações no pasto, como é medida a altura e a densidade populacional de perfilhos e a amostragem do pasto para a estimativa de biomassa de forragem.
Na segunda estação foi apresentado o tema “Técnicas de Manejo Alimentar”, pelo Médico Veterinário e pós-doutorando do Dep. de Zootecnia da UFC Guilherme de Lira Sobral Silva. Nessa estação foram apresentadas aos alunos as instalações do NEEF (baias, sala de ração, capineiras) e foi abordado o manejo alimentar efetuado, as rações oferecidas e a estrutura de canzis, que é útil para facilitar as intervenções a serem feitas nos animais (casqueamento, secagem de fêmeas lactantes, avaliação de escore de condição corporal etc.).
Por fim cada grupo passou pela estação “Conservação de Forragens – Ensilagem”, que foi apresentada pela Zootecnista e Doutoranda em Zootecnia do PDIZ, Elayne Cristina Gadelha Vasconcelos que falou sobre as técnicas de corte do capim-elefante roxo e do capim-paraíso, o pré-emurchecimento a ser feito para elevar o teor de matéria seca até um mínimo aceitável para uma boa fermentação, os variados métodos de compactação da silagem e o tempo necessário para que a fermentação seja completada no interior do silo e este possa ser aberta. Ao final do dia de campo os representantes da EMZOOTEC Jr. e da Escola Estadual Educação Profissional Capelão Frei Orlando agradeceram o apoio e a receptividade do Núcleo de Ensino e Estudos em Forragicultura. Para mais informações sobre o Neef, acesse www.neef.ufc.br.

Fonte: Prof. Magno Cândido – contato – magno@ufc.br