Português

LEPP recebe visita de professor da UFRJ e promove discussão sobre megaeventos esportivos

24 de setembro de 2013

O Laboratório de Estudos de Políticas Públicas (LEPP) recebeu, nos dias 17 e 18 de setembro a visita do Prof. Carlos Bernardo Vainer, do Laboratório Estado, Trabalho, Território e Natureza do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ETTERN/IPPUR/UFRJ). 

A visita do Prof. Carlos Vainer fez parte de uma programação que incluiu a discussão das pesquisas que são desenvolvidas em parceria do LEPP/UFC com o ETTERN/UFRJ e realização de uma palestra sobre a temática dos megaeventos esportivos e a remoção de populações.

Ainda como parte da visita, foi feita uma reunião na comunidade Trilha do Senhor, para a apresentação e discussão do Projeto “Plano Popular de Desenvolvimento Urbano, Econômico, Social e Cultural para comunidades ameaçadas de remoção associada aos Megaeventos na cidade de Fortaleza”, aprovado no Proext 2014 e que será desenvolvido pelo LEPP e pelo Núcleo de Economia Políticas (Viès) da UFC, com apoio do ETTERN/IPPUR/UFRJ.

As pesquisas realizadas em conjunto pelos dois Laboratórios (LEPP/ETTERN) são:

1. Observatório Socioambiental de Barragens: desenvolvimento de um sistema de informações sobre a construção de barragens no estado do Ceará: o objetivo desta pesquisa é, em articulação com o Observatório Socioambiental de Barragens (OSAB), da UFRJ, coordenado pelo prof. Vainer,  estruturar o Observatório Socioambiental de Barragens no estado do Ceará (OSAB-CE), através do desenvolvimento de um sistema de informações que incorpore dados sobre as especificações técnicas, as articulações corporativas, os impactos ambientais, as pendências sociais, os conflitos e os rearranjos espaciais engendrados pela construção de barragens no Ceará. Estamos concluindo até dezembro um site onde estas informações estarão disponíveis.

2. Observatório de Conflitos Urbanos da cidade de Fortaleza: o "Observatório dos Conflitos Urbanos de Fortaleza" tem como objetivo pesquisar, registrar, sistematizar, classificar e prover informações sobre lutas urbanas, movimentos sociais e as múltiplas e diversas manifestações da conflitualidade da cidade. O Observatório de Fortaleza integra a Rede de Observatórios de Conflitos Urbanos, das quais fazem parte as cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Vitória, Maceió, no Brasil; Quilmes, na Argentina; Medelín, na Colômbia e Montreal, no Canadá.

3. Mega eventos esportivos: conflitos urbanos, direitos humanos e cidade de exceção: o objetivo desta pesquisa é a consolidação de metodologia de pesquisa e análise de ações decorrentes dos megaeventos esportivos nas cidades que impliquem em conflitos urbanos, violações de direitos humanos e atos de exceção. A metodologia inclui a construção colaborativa de conceitos e categorias de análise a partir da promoção de diálogo entre pesquisadores em rede nacional, de instituições de pesquisa das cidades-sede dos megaeventos esportivos, e o desenvolvimento de instrumental de sistematização, análise e difusão de informações a ser implementado em âmbito nacional.

17/09: No Auditório da FEAACS foi realizada a palestra "Megaeventos e o direito à cidade no contexto das remoções", com a presença de 100 pessoas.

18/09: Reunião na comunidade Trilha do Senhor, onde o prof. Carlos Vainer compartilhou sua experiência de elaboração do “Plano Popular da Vila Autódromo no Rio de Janeiro”. Apresentação pelos professores Silvania Monte e Fábio Sobral, do VIès/UFC do Projeto “Plano Popular de Desenvolvimento Urbano, Econômico, Social e Cultural para comunidades ameaçadas de remoção associada aos Megaeventos na cidade de Fortaleza”. Cerca de 40 pessoas participaram da reunião.

Fonte: Profa. Silvania Monte, Coordenadora do LEPP
Contato: (85) 3366-9108