Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Centro de Ciências Agrárias

Área do conteúdo

NEEPA fortalece diálogo de saberes acadêmicos e populares na construção da Agroecologia

Data de publicação: 24 de maio de 2016. Categoria: Notícias

Buscando ampliar e fortalecer o campo teórico e prático da Agroecologia, foi criado, em 2013, o Núcleo de Estudos, Experiências e Pesquisas em Agroecologia (NEEPA) da Universidade Federal do Ceará (UFC). O NEEPA integra o Programa Residência Agrária (PRA) no Centro de Ciências Agrárias (CCA) e surge a partir do diálogo com movimentos sociais, organizações não governamentais e a parceria com Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA).

 

O NEPPA tem se afirmado no CCA enquanto espaço de práticas e reflexões críticas sobre os modelos de desenvolvimento agrícola e agrário em disputa no Brasil, optando por fortalecer o projeto de desenvolvimento voltado para a emancipação dos povos do campo historicamente excluídos do trabalho e da terra livre e para construção de um novo paradigma de agricultura em bases agroecológicas.

Além disso, o Núcleo tem criado espaço de diálogo de saberes e conhecimentos comprometido com uma formação crítica de estudantes da graduação (especialmente os estudantes das Ciências Agrárias) e pós-graduação que integram o PRA, de técnicos de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) e da juventude do campo.

As ações do projeto tem como território o Assentamento Maceió, situado na Zona Costeira do Ceará, que fica a 60 Km de Sede de Itapipoca e a 180 Km de Fortaleza. Possui aproximadamente 1000 famílias distribuídas entre 12 comunidades, constituindo uma área total de 5.844,72 hectares.

As ações do NEEPA-PRA se dão a partir da indissociabilidade da pesquisa, ensino e extensão. O programa conta com o apoio institucional dos seguintes orgãos: MCTE, MAPA, MEC, MPA, MDA e CNPq.

Desde 2013 diversas atividades vem sendo desenvolvidas. Das pesquisas desenvolvidas, cita-se a produção de três dissertações:

  • Mulheres e Agroecologia: possibilidades para sustentabilidade local da comunidade Bom Jesus, Assentamento Maceió-Itapipoca-CE de autoria de Andréa M. Camurça (2013)
  • Tecendo sonhos com fios de resistência: o caso das mulheres rendeiras do Assentamento Maceió, Itapipoca-CE de autoria deDebir Soares Gomes (2014)
  • Avaliação da política de Previdência Social na perspectiva do acesso das trabalhadoras Rurais: estudo de caso da Comunidade Bom jesus, Assentamento Maceió – Itapipoca-CE de autoria deKélia da Silva Aires (2014)

Para 2016 está prevista a conclusão de uma dissertação que trata dos conflitos e injustiças ambientais que ameaça as práticas agroecológicas do Assentamento Maceió e em andamento estão sendo desenvolvidas uma dissertação de mestrado e três teses de doutorado em pós-graduação interdisciplinar.

 Confira algumas fotos do projeto

Acessar Ir para o topo