Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Centro de Ciências Agrárias

Área do conteúdo

PPG em Engenharia Agrícola comemora 45 anos e instala placa com nomes dos egressos

Data de publicação: 2 de agosto de 2021. Categoria: Notícias

Em comemoração pelos 45 anos de existência do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola (PGEA), foi fixada uma placa com o nome de todos os alunos que concluíram os cursos de Mestrado e Doutorado entre os anos de 2007 e 2021.

Até julho de 2021, foram realizadas 472 defesas de Dissertação de Mestrado e 109 defesas de Tese de Doutorado. Em 2021, completam-se 10 anos da primeira defesa de Tese de Doutorado.

Histórico do Programa

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal do Ceará (PPGEA-UFC), começou sua história em 1976, quando ainda se chamava Curso de Mestrado em Agronomia: Irrigação e Drenagem (CMID).

Durante o período de 1976 a 2007, o CMID deu importante contribuição na formação de recursos humanos, tendo formado mais de 200 Mestres que atuam na gestão dos recursos hídricos, no manejo da irrigação em áreas públicas e privadas, no ensino e na pesquisa em diversas partes do país, especialmente no Estado do Ceará.

Importantes instituições públicas estaduais (Centec, Ematerce, Cogerh, Sscretaria de Recursos Hídricos, Seagri) e federais (IFCE, DNOCS, Codevasf, Eembrapa, Universidades, Escolas Agrotécnicas) tiveram contribuição do CMID para formação dos seus quadros técnico-científicos.

No ano de 2007, a CAPES aprovou, com conceito 4, a criação do Curso de Doutorado em Engenharia Agrícola, tendo sido aprovada também a mudança do nome do Programa.

A partir de fevereiro de 2008 os cursos de Mestrado e Doutorado passaram a constituir o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, formado com participação de professores da UFC e de pesquisadores da Embrapa e da Funceme.

Nas últimas duas avaliações da CAPES (trienal 2010 a 2012 e quadrienal 2013 a 2016), o PPGEA-UFC alcançou a nota 5, consequência dos esforços conjuntos de docentes, discentes, servidores e apoio institucional, os quais levaram o Programa a ser incluído entre os melhores da área de Engenharia Agrícola no Brasil. Isso ampliou a visibilidade do Programa, favorecendo as ações intra e interinstitucionais e ampliando o interesse de candidatos nos processos seletivos do Programa.

Perfil do egresso

O processo de formação do PPGEA-UFC tem como objetivo formar profissionais com o seguinte perfil:

  • Ter capacidade técnico-científica, e espírito crítico e criativo em Engenharia Agrícola;
  • Ter conhecimento da realidade regional, tanto no ramo da agropecuária como em termos da realidade socioeconômica;
  • Ter capacidade de ensinar em escolas de nível superior nas diferentes áreas do Programa;
  • Ter capacidade de elaborar projetos de pesquisa e interagir com outros setores da sociedade e com o meio científico.

Esse processo de formação tem logrado êxito. Os Mestres e Doutores formados no PPGEA-UFC têm atuado na gestão dos recursos hídricos, no manejo da irrigação e no desenvolvimento de máquinas agrícolas, em parcerias públicas e privadas, no ensino e na pesquisa em diversas partes do país, especialmente no Estado do Ceará.

A maior parte dos estudantes de Mestrado é formada por jovens que têm mostrado interesse em continuar os estudos na área ou têm optado por participar de concursos públicos, vários inclusive obtendo êxito após a conclusão do Mestrado ou durante o curso de Doutorado.

Os doutorandos, por sua vez, possuem um perfil com maior experiência e têm demonstrado capacidade de atuação na pesquisa, no ensino e em atividades de gestão pública.

Fonte: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola.

Acessar Ir para o topo