Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Centro de Ciências Agrárias

Área do conteúdo

Publicação Internacional da Economia Rural aborda a desigualdade de renda salarial no setor agropecuário

Data de publicação: 27 de abril de 2019. Categoria: Notícias

Grupo de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Economia Rural da Universidade Federal do Ceará (Jair Andrade de Araujo, Matheus O. Alencar, Wellington R. Justo (URCA) e Celina Santos de Oliveira acaba de publicar um artigo científico intenacional na “The Economics Bulletin”. Revista com Qualis A1 de destaque na área de Economia Agrícola.

O artigo “Condicionantes da Desigualdade Salarial nos Municípios Brasileiros”, buscou evidenciar condicionantes da desigualdade salarial nos municípios brasileiros de 2007 a 2016. Para alcançar esse objetivo, recorreu-se a variáveis municipais calculadas por meio dos microdados da RAIS/MTE. Como método de análise, se fez o uso de regressões múltipla com dados em painel. As principais hipóteses do estudo foram confirmadas, uma vez que se verificou, no Brasil, uma relação positiva entre desigualdade salarial e o tamanho do município, isto é, municípios maiores, em termos populacionais, tendem a exibir maiores níveis de desigualdade. A mesma relação foi observada com o valor do salário médio do município. Também pôde-se confirmar a influência favorável à desigualdade salarial nos municípios brasileiros de fatores como as proporções de trabalhadores no setor financeiro, no setor público, no setor agropecuário e daqueles com nível superior. Além disso, constatou-se que o aumento da participação feminina no mercado de trabalho contribui com a redução da desigualdade salarial.

A publicação reforça os esforços do Programa de Pós-graduação em Economia Rural para uma consolidação ao nível internacional.

Fonte: Diretoria do Centro de Ciências Agrárias – Fone: 3366.9732

Acessar Ir para o topo