Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Centro de Ciências Agrárias

Área do conteúdo

Reitor e Vice-Reitor da UFC e Reitor da UFPB visitam Fazenda Experimental Vale do Curu, em Pentecoste

Data de publicação: 15 de abril de 2021. Categoria: Notícias

A Fazenda Experimental Vale do Curu (FEVC), equipamento do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará em Pentecoste, integrou a programação da visita do Reitor Valdiney Veloso Gouveia, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), à UFC. O Reitor e o Vice-Reitor da UFC, professores Cândido Albuquerque e Glauco Lobo Filho, conheceram a unidade nessa quarta-feira (14), acompanhados do dirigente paraibano, e fizeram um tour pelos espaços da propriedade.

Imagem: Foto de letreiro na Fazenda Experimental Vale do Curo, em Pentecoste, onde lê-se as iniciais FEVC. (Foto: Viktor Braga)

Imagem: Foto de letreiro na Fazenda Experimental Vale do Curo, em Pentecoste, onde lê-se as iniciais FEVC. (Foto: Viktor Braga)

Os gestores foram recebidos pelos Engenheiros Agrônomos Francisco José de Mesquita, Diretor da FEVC, e Kleiton Chagas, Coordenador Técnico. A FEVC situa-se na comunidade do Xixá, distrito de Pentecoste, a 120 quilômetros de Fortaleza, e possui 823 hectares – 215 deles demarcados como reserva ambiental de caatinga. Dentro de seu perímetro, além das áreas de manejo das criações, fruticultura e produção de alimentação animal, há uma escola municipal da Prefeitura de Pentecoste, uma unidade básica de saúde (também do município), galpão de máquinas, dois açudes, 23 poços profundos, 30 casas funcionais para servidores e um centro de treinamento para atividades didáticas e administrativas.

A visita foi iniciada no auditório do Centro de Treinamento, onde Francisco Mesquita fez uma breve apresentação aos visitantes sobre a estrutura da fazenda e seu uso, há décadas, no acolhimento a professores, técnicos e estudantes, prioritariamente do Centro de Ciências Agrárias (CCA) e do Centro de Ciências (CC). “É a maior e principal base de campo da Universidade, adquirida ainda em 1961 e sede de importantes atividades agropecuárias e de pesquisa, teses e dissertações desenvolvidas na UFC”, assinalou o Diretor.

Imagem: Francisco Mesquita (de pé, ao centro) apresentou as atividades da Fazenda Experimental Vale do Curu a gestores da UFC e da UFPB. (Foto: Viktor Braga)

Imagem: Francisco Mesquita (de pé, ao centro) apresentou as atividades da Fazenda Experimental Vale do Curu a gestores da UFC e da UFPB. (Foto: Viktor Braga)

Em seguida, a comitiva da administração superior foi conduzida pelos espaços da propriedade, a exemplo das culturas de milho e sorgo que alimentam as criações bovinas e caprinas; estábulos e currais; viveiro de aves domésticas; plantios de manga, goiaba, coco, mamão e banana; almoxarifado e maquinários, entre tratores, veículos e implementos.

Com relação às atividades pecuárias, o Reitor Cândido Albuquerque vislumbrou a possibilidade de ampliação do trabalho já realizado com os animais. “Observei que podemos desenvolver muitas outras ações além de pesquisa, como um projeto de melhoramento genético na região, nas áreas de cultura bovina, caprina e ovina, ideia que vamos discutir com o CCA”, apontou o Reitor, acrescentando que a identificação e seleção de espécimes de maior mérito genético poderá potencializar características de produção e qualidade leiteira.

Durante a visita, o Diretor Francisco Mesquita adiantou que começariam nesta quinta-feira (15) os trabalhos de levantamento topográfico para a demarcação de 50 hectares da fazenda para a instalação de usina fotovoltaica, como parte das ações de eficiência energética e sustentabilidade da UFC. Segundo informações da Pró-Reitoria de Planejamento e Administração (PROPLAD), a iniciativa está em fase de elaboração do termo de referência, que requer observância à legislação vigente tanto no tocante à própria natureza da parceria público-privada quanto à regulamentação do fornecimento de energia, seara da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Parte da energia gerada no local será consumida pela Universidade e parte colocada na rede para comercialização pela concessionária estadual de energia. A administração superior da UFC espera que o contrato esteja firmado ainda neste ano.

Imagem: Rebanho caprino é alimentado por servidor na Fazenda Experimental Vale do Curu (FEVC), em Pentecoste (Foto: Viktor Braga)

Imagem: Rebanho caprino é alimentado por servidor na Fazenda Experimental Vale do Curu (FEVC), em Pentecoste (Foto: Viktor Braga)

Foi um fechamento oportuno para a estada do Reitor Valdiney Gouveia (UFPB) no Ceará, já que, em tratativas iniciadas ontem com as administrações da UFC e da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), foram bastante mencionadas as possibilidades de cooperação entre as três instituições “irmãs”, em áreas como tecnologia, agronomia e outras que atravessam a realidade de ensino, pesquisa e extensão da Fazenda Experimental. Na avaliação da administração superior, o equipamento acadêmico já vem trilhando um caminho de prosperidade e boas práticas de gestão. “Fiquei muito feliz com o que encontramos. A FEVC está muito bem cuidada, com boa estrutura e grande potencial. Certamente, está de parabéns o Centro de Ciências Agrárias”, finalizou o Prof. Cândido Albuquerque.

Imagem: Equipe da Fazenda Experimental Vale do Curu posta com o reitor e o vice-reitor da UFC e o reitor da UFPB em frente ao Centro de Treinamento. (Foto: Viktor Braga)

Imagem: Equipe da Fazenda Experimental Vale do Curu posta com o reitor e o vice-reitor da UFC e o reitor da UFPB em frente ao Centro de Treinamento. (Foto: Viktor Braga)

As demais fotos da visita podem ser acessadas no Flickr da UFC.

Fonte: Gabinete do Reitor – e-mail: greitor@ufc.br

Notícia publicada originalmente no portal da UFC.

Acessar Ir para o topo